Rosa mineira

Bem vindo(a)

Sobre

Desde 1948

No início de sua história, para fabricar a cachaça Rosa Mineira, o engenho era movido a água e a garapa. Após sua fermentação, era aquecida em uma panela grande que ficava escondida no fundo do quintal da casa do Senhor JOSÉ BENTIM.

Naquela época (1948), era proibida a produção de cachaça. No entanto, se alguém perguntasse o que é e o que estava sendo preparado a resposta era: "Não é nada não. Só estou cozinhando INHAME ROSA..."

Daí surgiu o nome ROSA MINEIRA, o ROSA por causa do inhame e o MINEIRA por ser produzida em Minas Gerais.

A fábrica da Rosa Mineira sempre foi uma indústria familiar.

No começo da produção, quando era usado a história do inhame, a produção da cachaça era pouca. Produzia-se em média de 150 à 200 litros por dia. Hoje se produz em média 1100 à 1200 litros de cachaça por dia, devido a alta demanda e procura.

A produção geralmente começa no mês de junho e vai ate o mês de novembro, período que a cana está madura.
Quando a cachaça fica pronta, é armazenada em tonéis de Madeira amburana e ali fica curtida por no mínimo 2 anos.

A cachaça é um produto que gera uma boa renda, por ser um produto tradicional em Minas Gerais.
A cachaça Rosa Mineira é vendida geralmente em litros de 900 ml, mas seu valor pode ser variado de acordo com o tempo de fabricação daquela determinada cachaça.

Galeria

Tradicional 900ml

Garrafão 12L

Garrafão 8L

Reserva Especial 670ml

Rosa Mineira 87

Kit Especial Rosa Mineira

Contato